Grupo de pesquisa acadêmica internacional, vinculado à ESPM - SP.

1HO projeto aqui apresentado faz parte de um grupo internacional de investigadores, com uma proposta de pesquisa denominada ‘Cultures juvéniles à l’ère de la globalisation’, que tem como objetivo desenvolver um estudo comparativo a partir da visão da globalização cultural para a construção do cosmopolitismo estético, entre jovens da França, Canadá, Austrália e Brasil. Esse projeto é liderado pelo Departamento de Pesquisa de Previsão e Estatística do Ministério da Cultura e Comunicação da França, na figura de Sylvie Octobre, e pelo professor Vincenzo Cicchelli, do GEMASS (Groupe d´Etude des Méthodes de l´Analyse Sociologique de la Sorbonne)/CNRS, e da Universidade de Paris 4.

Pretendemos discutir como os jovens constroem representações de si mesmos e de suas relações com o mundo, através do consumo de bens culturais, sejam globalizados ou localizados. Procuramos evidências que demonstrem se eles desenvolvem uma postura estética que pode ser considerada como processo de construção de um olhar para o outro. Em outras palavras, pretendemos entender o cosmopolitismo cultural-estético, analisando o consumo cultural (música, TV, filmes, séries, jornais/revistas, quadrinhos, livros, videogames, blogs/sites, redes sociais), e as experiências com a cultura global, através dos quais os jovens constroem seus critérios de julgamento, conhecimento e imaginário do outro.

Para o projeto no Brasil, incluímos a reflexão sobre a realidade híbrida latino-americana. Partimos dessa perspectiva para discutir se a construção de uma postura cosmopolita entre os jovens da região parte de experiências periféricas ou centrais, de acordo com os fluxos globais homogeneizantes ou dos movimentos locais. Para isso, iniciamos nossos estudos na cidade de São Paulo, cidade global, para comparação com outras realidades centrais de cidades globais (como no caso de Paris), para depois compreender a realidade em diferentes cidades do país (Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife).

Como principais produtos, o grupo pretende desenvolver diversas publicações, dentre elas um livro para a série “Youth in a Globalizing World”, da Editora Brill, desenvolver a pesquisa nacionalmente em parceria com o SESC e seu centro de pesquisa, e consolidar a parceria no projeto internacional, com as frentes de pesquisa na França, no Canadá, na Austrália, e com os pesquisadores do grupo temático internacional, do Reino Unido, Estados Unidos e Israel.